Notícias

21-03-2022

Vacinas e aplicações digitais em debate no INFARMED, em Lisboa

A Terceira Sessão Pública de apresentação e debate no âmbito do Relatório sobre o Estado da Aplicação das Novas Tecnologias à Vida Humana realizou-se no passado dia 11 de Março de 2022, no auditório do INFARMED, em Lisboa.

Na sessão de abertura, o Presidente do INFARMED dedicou parte da intervenção à solidariedade com o povo da Ucrânia. Rui Ivo congratulou o CNECV pela iniciativa de debate público em matérias importantes para toda a sociedade portuguesa e agradeceu a escolha do INFARMED como espaço para essa reflexão. 

O primeiro Painel da sessão debateu a vigilância e monitorização epidemiológica: ferramentas digitais e matemáticas utilizadas durante a pandemia. A moderação esteve a cargo do Conselheiro José Manuel Pereira de Almeida.

Foram ouvidos três especialistas: 


Henrique Barros, médico, Professor Catedrático de Epidemiologia na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, Presidente do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto e Presidente do Conselho Nacional de Saúde. 

Baltazar Nunes, investigador auxiliar no Departamento de Epidemiologia do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), onde é também responsável pela Unidade de Investigação Epidemiológica. Professor auxiliar convidado na área de disciplinas de Estatística e Epidemiologia e membro integrado do Centro de Investigação em Saúde Pública (CISP). 

Maria da Glória Garcia, Professora Catedrática de Direito Aposentada. Reitora da Universidade Católica Portuguesa de 2012 a 2016. Diretora da Faculdade de Direito da UCP de 2010 a 2013. Sócia efetiva da Academia das Ciências de Lisboa e atual Vice-Presidente da Classe de Letras.

No segundo Painel, moderado pela Conselheira Ana Paula Martins, intervieram três especialistas sobre as vacinas de mRNA: uma tecnologia emergente da COVID-19:


Manuel Carmo Gomes, Professor, investigador e epidemiologista da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Licenciado e Doutorado em Biologia, Mestre em Probabilidades e Estatística, professor de Epidemiologia de Doenças Infeciosas na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Integra a Comissão Técnica de Vacinação.

Cecília Arraiano, Licenciada em Biologia pela Universidade de Lisboa, Portugal. Foi bolseira da Fulbright-Hays para Doutoramento em Genética pela Universidade da Georgia, USA. É Investigadora Coordenadora no Instituto de Tecnologia Química e Biológica (ITQB) da Universidade NOVA de Lisboa, Portugal, onde dirige o Laboratório de Controlo de Expressão Génica.

Luísa Vicente, Médica especialista em Psiquiatria e de Pedopsiquiatria. Doutorada em Psiquiatria e Saúde Mental pela Faculdade de Medicina de Lisboa. Presidente da Direção da Sociedade Portuguesa de Psicanálise. Vice-Presidente da Direção da Sociedade Portuguesa de Psicodrama Psicanalítico de Grupo e Membro da International Psychoanalytic Association;

Os comentários finais e encerramento estiveram a cargo do Conselheiro Jorge Soares, que recordou a finalidade do Relatório, a apresentar à Assembleia da República, e sumarizou as ideias de força dos especialistas da sessão. A sessão terminou com uma nota de solidariedade e compaixão para com as vítimas da guerra e as suas famílias, fazendo apelo à Paz e à cooperação entre os povos.